Rádio

segunda-feira, 7 de março de 2016

Leitura Orante: Servir sem preconceito

Senhor, desce antes que meu filho morra!

Preparo-me para a Leitura Orante,
rezando com todos os que, nesta rede da internet,
se reúnem em torno da Palavra:


Oração para antes de ler a Bíblia

Jesus Mestre, que dissestes:
“Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome, eu aí estarei no meio deles”, ficai conosco, aqui reunidos para melhor meditar e comungar com vossa Palavra.
Sois o Mestre e a Verdade: iluminai-nos, para que melhor compreendamos as Sagradas Escrituras.
Sois o Guia e o Caminho: fazei-nos dóceis ao vosso seguimento. 
Sois a Vida: transformai nosso coração em terra boa, onde a Palavra de Deus produza frutos abundantes de santidade e de apostolado.


1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto Jo 4,4-54:

Naquele tempo:Jesus partiu da Samaria para a Galileia.O próprio Jesus tinha declarado,que um profeta não é honrado na sua própria terra.Quando então chegou à Galileia,os galileus receberam-no bem,porque tinham visto tudo o que Jesus havia feitoem Jerusalém, durante a festa.Pois também eles tinham ido à festa.Assim, Jesus voltou para Caná da Galileia,onde havia transformado a água em vinho.Havia em Cafarnaum um funcionário do reique tinha um filho doente.Ouviu dizer que Jesustinha vindo da Judeia para a Galileia.Ele saiu ao seu encontroe pediu-lhe que fosse a Cafarnaumcurar seu filho, que estava morrendo.Jesus disse-lhe:'Se não virdes sinais e prodígios,não acreditais.'O funcionário do rei disse:'Senhor, desce,antes que meu filho morra!'Jesus lhe disse:'Podes ir, teu filho está vivo.'O homem acreditou na palavra de Jesus e foi embora.Enquanto descia para Cafarnaum,seus empregados foram ao seu encontro,dizendo que o seu filho estava vivo.O funcionário perguntoua que horas o menino tinha melhorado.Eles responderam:'A febre desapareceu, ontem, pela uma da tarde'.O pai verificou que tinha sido exatamente na mesma horaem que Jesus lhe havia dito:'Teu filho está vivo'.Então, ele abraçou a fé,juntamente com toda a sua família.Esse foi o segundo sinal de Jesus.Realizou-o quando voltou da Judeia para a Galileia.Palavra da Salvação.

Refletindo
Jesus declarou que um profeta não é honrado na sua própria terra. Como ele foi criado na cidade de Nazaré, que fica na Galileia, fazia referência aos galileus, que precisavam de sinais e prodígios para crer e ficavam exigindo que Jesus operasse milagres que testemunhariam que ele de fato era o Filho de Deus. Jesus nos mostra que o processo é justamente o contrário: não são os sinais que devem nos levar a crer, mas é a nossa fé que deve produzir sinais de Reino de Deus, sinais de fraternidade, de justiça, de amor, de vida em abundância. Porque ter fé significa ter a presença amorosa e solidária de Deus em todos os momentos da vida.


2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje? Medito em silêncio na presença de Deus.

O ministério de Jesus não foi contaminado por preconceito de espécie alguma, dentre aqueles comuns na sua época. A cura do filho do funcionário do rei ilustra esta atitude característica do Mestre.
Quem se dirigiu a Jesus, pedindo-lhe a cura do seu filho, foi um funcionário do rei Herodes Antipas. Sem dúvida, tratava-se de um pagão, a serviço dos romanos, sob cuja dominação estava o povo judeu. Era bem conhecida a ojeriza dos judeus pelos romanos. Estes representavam o que havia de pior, e deviam ser evitados. Portanto, esperava-se de Jesus um gesto firme de recusa à solicitação daquele funcionário: para os pagãos, a morte.
Este gesto, porém, não era o parâmetro das ações do Mestre. Seu olhar desvia-se dos elementos exteriores, para se fixar no coração daquele pai suplicante. Quando encontra fé e sinceridade, Jesus jamais se recusa a atender a um pedido, de quem quer que o faça. Sem fé, nada feito. Foi o que aconteceu em Nazaré, sua cidade natal, onde não realizou nenhum milagre por causa da incredulidade de seus habitantes.
Toda a vida de Jesus, culminada na morte e ressurreição, foi um serviço prestado à humanidade, sem distinções, nem privilégios. É suficiente acercar-se dele, com a mesma predisposição do funcionário pagão, cuja súplica foi prontamente atendida.


3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo, com a Oração da CFE 2016:

Deus da vida, da justiça e do amor,
Tu fizeste com ternura o nosso planeta,
morada de todas as espécies e povos.

Dá-nos assumir, na força da fé
e em irmandade ecumênica,
a corresponsabilidade na construção
de um mundo sustentável
e justo, para todos.

No seguimento de Jesus,
Com a Alegria do Evangelho
e com a opção pelos pobres.

Amém!


4.Contemplação (Vida e Missão)

Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Meu novo olhar é de renovada relação de fé e amor com Deus e, em conseqüência, com o próximo.
Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.


Bênção
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário