Rádio

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Carta aos dirigentes dos povos (CtDir)

"Assis, setembro de 1221
A todas as potestades e cônsules, juízes e dirigentes de toda a terra e a todos quantos chegar esta carta, frei Francisco, vosso servo pequeno e desprezível no Senhor Deus, deseja saúde e paz.
Considerai e vede que o dia da morte se aproxima. Rogo-vos, pois, com reverência, como posso, que, por causa dos cuidados e solicitudes que tendes deste século, não esqueçais o Senhor, porque todos aqueles que O esquecem e se afastam dos seus mandamentos, são malditos e por Ele são entregues ao esquecimento. E quando chegar o dia da morte, todas as coisas que julgavam ter, ser-lhes-ão tiradas. E quanto mais sábios e mais poderosos forem neste século, tanto maiores tormentos suportarão no inferno. Por isso, aconselho-vos firmemente, meus senhores, que preterido todo o cuidado e solicitude, recebais benignamente o santíssimo corpo e sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo na sua santa memória. E confirais ao Senhor, no meio do povo a vós confiado, tanta honra que, toda a tarde, se anuncie por um pregoeiro ou por outro sinal, que todo o povo renda louvores e graças ao Senhor Deus onipotente. E se isto não fizerdes, sabei que deveis prestar contas no dia do juízo, diante de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Aqueles que guardarem junto de si este escrito e o observarem, saibam-se benditos pelo Senhor Deus.
Frei Francisco de Assis."