Rádio

sábado, 22 de novembro de 2008

Considerações sobre o amor

E a matéria prima deste blog é a vida!!!
Não sei se tenho algum problema, alguma obstrução mental ou outra coisa qualquer! Não sei compreender o amor como tantos o compreendem. Pra falar a verdade, creio que não creio no amor! (rs) Talvez alguém se assuste com isso que estou afirmando ou com o que vou afirmar mas procuro sempre expor aqui o que sinto, o que penso, o que busco ser, sempre na tentativa de enxergar novos horizontes e ir além.
O amor existe?
Tem dia que acho que não. O ser humano é extremamente fértil de ideias, pensamentos. Daí a tendência de sempre idealizar algo, principalmente o amor. Detesto isso, querer senti-lo, de amor sem ódio, de melodrama idiota bem típico dos filmes americanos. Dá até nojo! Mas esse é o amor extremamente idealizado e pelo qual nos deixamos seduzir. Mas amor que por ser idealizado, não existe. Por isso hoje há tantas pessoas que dizem estar vivendo uma "decepção amorosa". Então, olhando desse ponto de vista, chegamos à conclusão de que realmente o amor não existe.
Se olharmos do ponto de vista do materialismo, jamais acreditaríamos no amor, apenas e tão somente na produção de riquezas jamais se importando com o como fazer para obtê-las ou com as consequências de nossos atos nessa busca pelo material. Sendo assim, o amor também não existe, pois não pode o material, o querer muito ou o apego estar atrelado a ele.
Será que o amor existe? Hoje o mundo está tão virado (talvez sempre esteve assim)! Filhos matam os pais, pais atiram seus filhos pela janela de prédios altíssimos, mata-se por uma moeda de dez centavos, mães querem o "direito" de abortar seus filhos, mata-se por omissão de tantas pessoas. Além disso tudo, a corrupção cresce a cada dia entre nossos políticos que não se preocupam com áreas importantíssimas à população, a crise econômica mundial assombra nosso país, nosso planeta a cada dia que passa está mais quente, beirando um colapso. O amor existe? Onde ele está então? Há alguma esperança? Continua...

Onde estás?
Ir. Kelly Patrícia

Onde estás? Onde estás? Se
existes,
onde estás?
Dizem que Tu, digo que Tu és amor...
Onde estás?
Não te sinto,
não te sinto nem te vejo
Neste mundo tão cheio de
dor
Quem sou? Que fazer?
Não consigo ou não quero? Faça-se!
Onde estás?
Onde estás? Se existes
onde estás?
Meu coração: sem luz, meus
olhos:
uma pedra, o mundo: paradoxo, você: único
Deus, Aquele que
é
Dentro de mim e de você
Olhar no fundo transparente
Transcendente,
Deus, Deus...
Transcendente, Deus, Deus... Te achei
Deus Te achei!

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Vale a substância

By Pe. Zezinho, scj


Anos atrás, eu conversei com uma senhora, meiga e gentil até, que havia pertencido a oito igrejas e estava, naquele momento, em sua terceira igreja pentecostal. Sentia-se bem procurando pregadores e mudando de religiões. Preferi não emitir nenhum julgamento. Fiz perguntas, e as respostas dela iam todas na direção do sentir Deus. Quando parava de sentir alegria ou motivação em determinada igreja, procurava outra.


Para ela, Deus é para ser sentido, não entendido, já que Ele é misterioso. Quem a fizesse sentir ganharia sua adesão, enquanto a continuasse a fazê-la sentir. Então veio a revelação bombástica: "Estou também na minha terceira união. No meu primeiro casamento, meu marido interessou-se por outra e eu o deixei. Ele não sentia nada por mim. Acabou o interesse dele por mim, acabou o meu também por ele. No segundo, ele mostrou delicadeza e sentimento e em tudo se revelou um bom companheiro, mas não me acompanhava em minhas atividades e trabalhos. Era muito parado e racional, meio sem vida. Resolvemos cada um ir para o seu canto. A terceira união está indo bem, já faz oito anos, ele é um crente muito sincero e nós nos sentimos muito bem um com o outro e percebemos a graça de Deus em nós todo o momento da jornada".
Fiz a minha colocação: "A senhora sabe que, na Igreja Católica, o pensamento é diferente!"
"Eu sei", disse ela. "Mas respeito. É uma escolha de cada um, eu sou toda sentimento; se não sentir, eu não assumo".
Disse que admirava o meu trabalho. Os auto-falantes do aeroporto chamaram o seu voo e ela se despediu agradecida, porque eu deixei que falasse. Como faço parte de uma igreja onde o sentimento se subordina à fé e à razão, e como dou muito valor ao raciocínio, fui para o meu voo pensando nesse tipo de cristãos que se governam pelo sentir e apenas por ele. Parecem jogadores de futebol que escutam o técnico e até aceitam a estratégia, mas só jogam do próprio jeito. Mudam de time, mas não de jogada. Se a comida não tiver o tempero deles, não a comerão. Para mim e para outros milhões de pessoas, se o bolo não tiver chantilly, ainda é bolo; se a sopa não tiver tempero, ainda é sopa. O que vale é a substância.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Lágrimas que purificam


Lágrimas falam mesmo
quando estão escondidas no olhar
mas se elas rolam,
é a dor que já não dá pra suportar
lágrimas que purificam, lágrimas que santificam
e dão força ao coração.


Lágrimas doem pra valer
mas sempre há de prevalecer
toda a vontade do Senhor
presente em minha vida.


***
Jovem te olho

Jovem, te olho mas não entendo
Sinto no ar tua inquietação
Te procuro na pista certa
Mas só te vejo na contramão

Olha pra ti, não precisas de espelhos
Mas olha dentro do teu coração
Aceita a Jesus Cristo
E tudo terás em tuas mãos

Sempre que te vejo no caminho a vagar
Estás sozinho e teus passos querem retornar
Teu olhar me diz, que não tens paz
Teu olhar me diz, que não tens paz

Jovem, deixa o mundo
Sê jovem e não um moribundo
Aceita a Jesus. Ele vai mudar o teu viver
Com Jesus tu vais vencer
Tu vais vencer, tu vais vencer
Tu vais vencer, tu vais vencer
Com Jesus tu vais vencer.

***

Chamado

Se cansado estás de caminhar
Se uma solidão agora quer te acompanhar
E a dor até quer te dominar
Dê um basta, aqui é o seu lugar.

Então vem, tem alguém que quer te abraçar
Te acolher nos teus braços e te consolar
Ele é a solução de tudo
Ele é Jesus, a tua Salvação
Teu lugar é no teu coração

Deixa Jesus curar tudo o que passou
Teus pecados, tua vida e o teu interior
Ele é o Dom do amor
Deixa te tocar
No teu coração podes repousar

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Reflexão

Vem
Aparece com força total, me enche de ideias
Quanto mais vou observando ao meu redor
Mais forte ela vem
Vem, como um impulso que não se pode controlar.
Um desejo imenso invade minha mente
Filosofo mais, reflito mais
Vem, vem, vem
Mas só vem
Pois há a incapacidade de expressá-la!
Reprime-a, somatiza-a, prende-a
E ela se esvai, como a água de um copo quebrado
E não volta mais
Mas o ciclo sempre se repete
E ela vem de formas diferentes
Será que dessa vez eu a coloco no papel?

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Misaericordias Domini in eternum cantabo.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Tertúlias Flacidas Para Acalentar Bovinos - Original

By Mons. Diniz Mickosz

Seus idiotas, trogloditas...

Vocês não sabem NADA!

As mães em geral têm mais intuição que as pedagogas.

A profundidade é proporcional aos paulomas e inversamente proporcional aos choromas. Os melomas vêm de sobremesa...

Enquanto a caravana passa os cães ladram, pois se a caravana parasse para atirar pedras aos cães, jamais chegaria ao seu destino.

Acho não, tenho certeza: a filosofia deve ser estudada apenas após os trinta anos!

Como dizia a minha avó...

O que é chique vem de Champ Large.

Zurich zu der sachen selbst

Erudição é saber muitas coisas, sabedoria é saber muito das coisas.

A filosofia é a casa da sogra!!!

...burrice aguda mata!!!

Navegaremos a vida inteira no mar da contradição.

Fecha ponto, parênteses!

PROFECIA

A ignorância está tomando atitudes escalafobéticas.
O mundo não vai acabar em água, em fogo ou em desastres. O mundo vai acabar em IGNORÂNCIA!!! Ah, ah, ah!

sábado, 1 de novembro de 2008

Eu sou a Ressurreição e a Vida!


A vida que Jesus Cristo trouxe
à humanidade é vida plena!

Não é ilusão, nem promessa vazia!
Pois, no horizonte de nossa existência,
ela é uma certeza que nos faz caminhar
em frente sem temer a morte.

É esperança de que, dissipadas
as aparências deste mundo passageiro,
Alguém nos abraçará,
acolhendo-nos em seu amor total.

Mergulhar no infinito será uma
experiência sem fim; a luz divina
transformará nosso ser!

Nosso canto glorificará eternamente
Aquele que nos chamou
a estar na posse de uma condição
que será só de paz e felicidade!

A pedra preciosa

Alguém, tendo entrado em uma joalheria,
examinava as pedras de grande valor.
Após notar uma sem brilho, o visitante observou:
"Há uma pedra ocupando espaço entre tantas que têm valor!
Ela é opaca, e não tem uma variedade de cores!"
O dono da joalheria, diante da observação,
tomou aquela pedra, escondeu-a na mão
e, de repente, mostrou-a próxima à janela.
A pedra havia de transfigurado diante do
visitante, que, maravilhado, perguntou:
"Por que ela adquiriu as cores do arco-íris?"
O joalheiro respondeu:
"É opala, uma das pedras consideradas
'simpáticas' porque reagem diante de uma mão
amiga que lhe irradia vida e cor".
O visitante então concluiu:
"Quantas pessoas precisam de uma mão
amiga e de um feixe de luz para brilhar!"
Realmente, na vida, necessitamos
da luz da fé e do calor da amizade:
só assim grandes mudanças podem acontecer!