Rádio

terça-feira, 30 de outubro de 2007

Trocadas as lâmpadas...

Слава Ісусу Христу!




Olá meus queridos! Estou de volta, já troquei as lâmpadas queimadas!!!



Pois é, tenho sido tão preguiçoso nesses últimos dias! Mas tudo bem, passou, já levantei e agora é bola pra frente!

Tive um final de semana maravilhoso. No sábado, tive a oportunidade de estar reunido com "meus" coroinhas no terreno de nossa comunidade para um dia de lazer e recreação. Foi muito bom, nos divertimos muito. Joguei futebol, queimada, pulei corda, enfim, brincamos um monte! Saudades de meu tempo de infância... Foi um dia muito bom. Amo as crianças e adolescentes do grupo de coroinhas da comunidade a que pertenço. Tenho aprendido muito com eles nos últimos tempos, são muito especiais para mim, marcados para sempre em meu coração.



Domingo também foi um dia maravilhoso! Fui à festa de quinze anos de uma grande amiga minha! A festa estava demais!!! Foi um almoço bem simples mas muito bom. Um dia inesquecível!

Ao final do dia fui à participar da Santa Missa em minha comunidade. Fui pego de surpresa: mal cheguei à porta da igreja e já me pegaram para marcar as intenções da missa. Houve um problema com a pessoa que foi designada para isso e tive que substituí-la. Depois, tive um momento ímpar enquanto marcava as intenções: dois coroinhas começaram a me perguntar sobre Deus, se Ele marcava os nossos pedidos no caderninho dEle rs. Adoro isso, perceber a imagem que as crianças têm de Deus e o que entendem do que é sagrado. Muito mais do que ensinar, sou eu que aprendo com eles. Amo essas crianças...



Ontem foi também um dia excepcional! Fui aproveitar para passear um pouco em São José dos Campos, no Shopping. Comprei algumas coisas que estava precisando. Foi muito bom, precisava muito de um dia assim para mim, sair sozinho. Colocar-me temporariamente em minha sagrada clausura! Trocar as lâmpadas...



Unum core et anima una!

Pax t bonum!

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Hodie - Irmã água

Слава Ісусу Христу!

Chove lá fora...
Irmã água...
Irmã pureza...
Irmã castidade...
Irmã purificação...
Irmã fertilidade...
Irmã água, irmã VIDA!!!

Como e gosto dos dias chuvosos como hoje! Amo irmã água! Parece bananal, evidente o que vou dizer mas eu não sei o que seria de mim sem ela! Para começar, mais ou menos 90% do meu corpo é constituído por ela. Sem sua ingestão, não há ser vivo que não esmoreça. Enfim, ela é essencial em tudo na vida do ser humano.
Porém para mim, esses ainda não são os motivos pelos quais amo irmã água. Isso ainda me é pouco.
Mais que tudo isso (sem negar a importância das funções da água supra citadas), aprendi a ver irmã água com outro olhar. Um olhar que alguém já teve há mais de oitocentos anos atrás, do Pai São Francisco de Assis. Na verdade já expliquei tudo ao dizer: "irmã água".
Sim, é isso mesmo! Água, criatura como eu, como nós; criada pelo mesmo Criador, pelo Verbo. É meus queridos, como um irmão de sangue meu, assim é irmã água! E mais: assim com todas as criaturas que me rodeiam. Irmãs e irmãos pela criação, pelo sopro de Vida do Espírito para o Verbo. Sim, não podemos negar: somos todos irmãos! Disse TODOS, e todo é todo.
Digo isso pois como já afirmei, está chovendo aqui. Tenho vários amigos que detestam quando chove, ficam inquietos, deprimidos, enfim, sentem-se como se o mundo estivesse acabando. Então, como gosto de refletir sobre as coisas que acontecem, resolvi falar sobre isso hoje. É interessante perceber esses extremos e o quanto eles influenciam no humor das pessoas. Fico tão feliz quando chove, mas outros já não são assim. Não quero dizer que as pessoas têm que ser iguais a mim, não, sou o menor dos menores. Mas percebam o quanto esse novo olhar (o de perceber todas as situações como graça de Deus e de perceber a irmandade universal composta por todas as criaturas viventes e não viventes) pode mudar nossa vida e nos levar à verdadeira felicidade! Convido a todos para fazermos essa experiência e perceber a verdade, bondade e beleza da vida!
Cântico ao irmão Sol
Altíssimo, onipotente, bom Senhor,
teus são os louvores,a glória e a honra
e toda a bênção.
Só a ti, altíssimo, eles convêm
e homem algum é digno
de te mencionar.
Louvado sejas, meu Senhor,
com todas as tuas criaturas
especialmente, com o senhor irmão sol,
o qual é dia, e por ele nos alumias.
E ele é belo e radiante
com grande esplendor,
de ti, altíssimo, é sinal.
Louvado sejas, meu Senhor,
pela irmã lua e as estrelas,
que no céu as formaste claras,
preciosas e belas.
Louvado sejas, meu Senhor,
pelo irmão vento,
pelo ar e pelas nuvens,
pelo sereno e todo tempo,
pelo qual às tuas criaturas dás sustento.
Louvado sejas, meu Senhor,
pela irmã água,
que é mui útil e humilde
e preciosa e casta.
Louvado sejas, meu Senhor,
pela nossa irmã a mãe terra,
que nos sustenta e governa,
e produz diversos frutos
e coloridas flores e ervas.
Louvado sejas, meu Senhor,
pelos que perdoam por teu amor,
e sustentam enfermidade e tribulação.
Bem-aventurados os que as sustentam em paz,
porque por ti, altíssimo, serão coroados.
Louvado sejas, meu Senhor,
pela nossa irmã a morte corporal,
da qual homem algum, vivo, pode escapar.
Ai daqueles que morrem em pecados mortais:
bem-aventurados os que a morte encontrar
dentro de tuas santíssimas vontades,
porque a morte segunda não lhes fará mal.
Louvai e bendizei a meu Senhor
e rendei-lhe graças e servi-O com
grande humildade.
(S. Francisco de Assis)
Unum core et anima una!
Paz e Bem!

Retrospectiva

Слава Ісусу Христу!

Olá meus queridos! Depois de alguns dias fora, cá estou novamente. Comecemos...
No Sábado
Pois é, sábado foi um dia muito especial para mim! Tive a oportunidade de reencontrar alguns bons amigos que trabalharam comigo na prefeitura de Caçapava. Nós pretendíamos assistir a um filme no cinema mas infelizmente não pudemos (diga-se de passagem que foi por minha culpa, mas tudo bem). Sim, pois escolhemos o cinema do shopping de Taubaté e eu acabei perdendo o ônibus e, em razão disso, cheguei mais tarde.Mas pesar disso, foi muito bom: pudemos conversar bem, comer uma pizza deliciosa e depois demos uma volta pelo shopping.
Como é bom ter amigos, não é mesmo? Dizia um sábio (agora não me recordo bem quem): "Quem encontrou um amigo, encontrou um tesouro!". Concordo plenamente. Gosto muito de comparar as pessoas que passam pela nossa vida com o mito grego do "Tapete de Penélope". Cada uma dessas pessoas que passam pela minha vida, mesmo que por um milésimo de segundo, são um pedacinho de retalho colorido desta bela colcha de retalhos, que é a minha vida! Como é bom ter amigos!!!
No Domingo
Meu domingo foi muito bom! Pude descansar bem, revi meu tio-avô, minha querida prima, Carol, minhas tias, avó e avô. A tarde, fui à igreja, pois combinamos com os coroinhas que iríamos nos reunir para brincar, mas infelizmente esse encontro foi desmarcado e nem me avisaram! Mas tudo bem, pude rever algumas pessoas que fazia tempo não via. De noite fui à missa, agradecer a Deus pela semana, pedir pela que se iniciava e alimentar o espírito com Sua Palavra e seu Corpo e Sangue. Como é bom estar na presença de meu Amado!
Na Segunda-Feira
Já na segunda-feira não fiz muita coisa, não estava muito bem, estava com muita dor de cabeça. No final do dia, saí para caminhar, como de costume. Queria tomar um banho de chuva, mas não aconteceu pois não choveu enquanto eu caminhava.
Na Terça-Feira
Nesse dia fui ao banco resolver alguns problemas e depois fui à igreja matriz para conversar um pouco com meu Amado. Tenho sentido cada vez mais a vontade de estar junto dEle:
"A minh'alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como a terra sedenta e sem água!" (Sl 62,2-9)
E ainda:
"Tu me seduziste, Senhor, e eu me deixei seduzir!
Foste mais forte do que eu." (Jr 20, 7)
Depois disso, tive a graça de encontrar-me com um grande amigo de infância que trabalha lá como sacristão. Pusemos nossa conversa em dia e depois voltei para minha casa.
Unum core et anima una!
Paz e Bem!

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Noite escura da alma!

Слава Ісусу Христу!

MISERERE: KYRIE

Kyrie, eléison
Kyrie, eléison
Kyrie, eléison

Christe, eléison
Christe, eléison
Christe, eléison

Kyrie, eléison
Kyrie, eléison
Kyrie, eléison




MAGNÍFICAT

Magníficat anima mea Dóminum
Et exsultávit spíritus meus in Deo salutáti meo.
Quia espéxit humilitátem ancíllae suae:
ecce nim ex hoc beátam me dicent omnes generatiónes.
Quia fecit mihi magna, qui potens est: et sanctum momen ejus.
Et misericórdia ejus a progénie in progénies timéntibus eum.
Fecit poténtiam in bráchio suo: dispérsit supérbos mente cordis sui.
Depósuit potentes de sede, et exatávit húmiles.
Esuriéntes implévit bonis: et dívites dimísit inanes.
Suscépti Israel púerum suum, ecordátus misericórdiae suae.
Sicut locutus est ad patres nostros, Abraham et sémini ejus in sáecula.



Unum core et anima una!

Pax et Bonum!

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

"Recomeçemos, pois até agora, nada fizemos"



Слава Ісусу Христу!




Amados irmãos! Que alegria enche meu coração hoje! É difícil até descrevê-la. Bom, há uma canção que não saiu de minha cabeça hoje e que trata um pouco do que sinto:

"Áh! Como é bom sentir a doce paz
E o amor que é suave me leva a sorrir,
É, você chegou qual ladrão, me fitou,
e roubou para si o mem coração.
E agora, sem forças,
eu sou prisioneiro
do mais belo amor
do doce Jesus, do meu bem da cruz.
Jesus!"
(São Paulo da Cruz)


Sinto que preciso mudar o enfoque de minha vida. Busco em tatas coisas a felicidade, mas percebi que a verdadeira, não estava nos lugares em que procurei. Pior: ela estava sempre comigo, ao meu lado, mas não a vi e fui prourá-la em lugares tão longínquos. Que tonto, estava comigo, tão evidente e não a vi! Sim, a Perfeita Alegria (assim S. Francisco de Assis chamava a alegria verdadeira) está nas pequenas coisas da vida! Em cada gesto de amor, em cada criatura, mas, principalmente, no abandono desapegado nas mãos de Deus! Isso sim é a Perfeita Alegria! É, na hora em que parece que tudo está contra mim, na hora em que parece que até mesmo Deus me abandonou, fazer uma linda história de amor, não abandonando a Deus, amando aos que me odeiam! É, parece estranho, mas aí está a Perfeita alegria.


Então, sei, sou chamado, é minha missão anunciar a todas as criaturas as misericórdias do Senhor! Misericordia Domini in eternum cantabo! Sim, hoje é o dia. Hoje largo tudo o que já contruí para recomeçar, do zero. "Recomeçemos irmãos, pois até agora nada ou pouco fizemos".


Umun core et annima una!

Paz e Bem!

terça-feira, 16 de outubro de 2007

TUDO É GRAÇA!!!

Nossa!!! Só por Deus! Hoje está num calor infernal! E o pior é que o verão ainda não chegou... Não quero nem ver quando ele chegar. Eu gosto mais de calor ao frio, mas calor assim não dá! rsrsrs...

Que coisa, né!? Como somos nós! Parece que nada está bom, temos sempre que arrumar algo pra reclamar rs.. Parece que nada nos satisfaz! Ainda vou decobrir o por quê desse contínuo descontentamento do homem com as coisas. Se alguém souber, por favor, não deixe de falar-me.

Pois é, uma coisa sei: nós, humanos, temos dificuldade em perceber que tudo, disse TUDO, é graça de Deus! Mesmo o que se me parece total desgraça, é, na verdade, graça de Deus. Tanto o calor quanto o frio são extremamente necessários à vida humana.

Sim, TUDO É GRAÇA! É um outro modo de enxergar nossa realidade. Um outro olhar que nos leva à felicidade verdadeira. Um olhar libertador, verdadeiro. Tente fazer essa experiência e veja o quanto ela vai lhe conduzir à verdadeira Felicidade!!!

Unum core et annima una!
Paz e Bem!!!

Misericordia Domini in eternum cantabo

VIVA A VIDA!!!
Como é bom viver! Mesmo com sofrimentos e dificuldades, é muito bom viver!
Por estes dias passados tenho penado muito nisso, na vida. Não só na minha vida, mas em todo modo de vida existente nesse planeta. Essas reflexões têm me ajudado muito a pensar duas vezes antes de reclamar. Sabe que isso até em meu humor tem refletido!?
Viva a vida! Salve o Amor!!!
Viva a vida que se manifesta em toda a criação!
Vida esta, outra coisa não é:
Senão reflexo da vida do Criador.
Obrigado, Senhor!
Pois se viver neste mundo
É bom, belo, verdadeiro
Quão mais o será quando, enfim
O Senhor me chamar
Ao verdadeiro Amor
À Vossa presença!
Cada vez mais me convenço de que viver não é arte nossa, VIVER É GRAÇA DE DEUS!