Rádio

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Reunião da Comissão Bíblico-catequética define ações para 2012



QUI, 17 DE NOVEMBRO DE 2011 15:50 / ATUALIZADO - QUI, 17 DE NOVEMBRO DE 2011 16:14POR: CNBB


A sede das Pontifícias Obras Missionárias (POM), em Brasília, foi palco da primeira reunião da nova presidência da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-catequética, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Além dos bispos, padres e assessores, estiveram reunidos os integrantes do Grupo de Reflexão Catequética (Grecat) e do Grupo de Reflexão Bíblica (Grebin), que integram a Comissão Episcopal.

Dos dias 15 a 19, todos os participantes aprofundarão os estudos das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE), elaboraram os planos de ações, tanto do Grecat, quanto do Grebin, para os próximos anos, como definiram o tema e o lema do Mês da Bíblia de 2012, que será, respectivamente, “Discípulos Missionários a partir do Evangelho de Marcos”, e “Levanta-te e vem, o senhor te chama”. Além disso, o padre Luiz Alves de Lima detalhou a Carta Apostólica Porta Fidei, em que o papa Bento XVI proclama o próximo ano como sendo o “Ano da Fé”.

Houve ainda um momento, dentro das várias reuniões que aconteciam nas POM, para que a Comissão Bíblico-catequética avaliasse o 1º Congresso de Animação Bíblico de Pastoral, que aconteceu em Goiânia, de 8 a 12 de outubro passados. Segundo o presidente da Comissão, dom Jacinto Bergmann, que é arcebispo de Pelotas (RS), o Congresso foi aprovado, tanto pelos participantes, quanto pela equipe promotora do evento.

Uma das assessoras da Comissão, Cecília Rover, disse que a série de reuniões é muito significativa para o trabalho da Comissão e no bom desempenho das atividades cotidianas.

Já o padre Décio José Walker, também assessor da Comissão, definiu como rica a sua primeira participação como assessor da CNBB. “Esta é minha primeira reunião e estou muito satisfeito pela riqueza de conhecimento que cada participante traz. Aqui podemos sentir um verdadeiro espírito de colaboração com a Igreja no Brasil”, disse.

A coordenadora de Catequese do Regional Sul 2 da CNBB (Paraná), Regina Helena Mantovani, integrante do Grecat, também destacou o conhecimento dos participantes, que, segundo ela, faz com que as reunião sejam sempre muito produtivas, com aprofundamento de temas e assuntos que são fundamentais para os catequistas de todo o país.

Lançamento


Convidado especial da reunião, o padre português, José Belinquete, lançou oficialmente no Brasil o seu livro “História da Catequese em Portugal, Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste”. O padre fez um trabalho minucioso de pesquisa, ao longo de 15 anos, que abrangeu todas as bibliotecas públicas de Portugal e outras do exterior. O livro conta com 1600 páginas e é dividido em dois volumes.



“História da Catequese pretende revelar os catecismos elaborados em diversas línguas pelos missionários portugueses. Ao longo das páginas do livro, o leitor encontrará temas importantes como a história da catequese desde Jesus e dos Apóstolos, passando pelos primeiros séculos da Igreja e pela parte relativa a Portugal, até à impressão do primeiro catecismo em 1489 e ao concílio de Trento”, disse o autor e coordenador do livro, padre José Belinquete.

Além disso, o livro conta ainda a história da catequese junto dos povos que os portugueses foram encontrando nas suas andanças pelo mundo: Índia/Goa, Costa do Malabar, Malaca e Singapura, Ceilão, Japão, China, Camboja, Coréia, Vietnã, Tibete, Etiópia ou Abissínia, Macau, Timor, Cabo Verde, Guiné, Benim, Angola, Moçambique e Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário