Rádio

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

É tempo de voltar às origens!

Слава Ісусу Христу!

Neste novo ano que acaba de iniciar, tenho um propósito muito importante. Aliás, muito mais do que um propósito, um modo de vida que vai muito mais além disso! O caso é que cansei das mesmices cotidianas, das minhas misérias, de meu comodismo. Penso que a busca pela felicidade é presente em cada ser humano, e comigo não é diferente. Percebi que tudo o que havia fazendo não me trazia felicidade mas somente euforia. Percebi que tudo o que fiz foi, aos poucos, afastado-me das minhas origens. Mas eu quero a felicidade, felicidade verdadeira, felicidade eterna.
Refletindo um pouco sobre isso, escolhi por modo de vida para ser trabalhado durante esse ano, uma belíssima frase de minha mãe seráfica Santa Clara de Assis: "Jamais se esqueça do seu ponto de partida." O que é homem sem suas origens? Não estou aqui me referindo ao passado, pois já passou, já não existe mais. Estou falando das minhas raízes, de onde vim, onde tudo teve seu início. Caminhar sem ter em vista o ponto de partida é como caminhar em uma esteira elétrica: você corre, corre, e se mata em correr, mas não chega a lugar algum.
É eliminar o homem velho e fazer nascer o homem novo. É reinflamar o carisma que Deus colocou em mim, é uma volta às origens. Pois o que será de uma árvore que se esquece de suas raízes? Raiz é princípio vital para a árvore. Pois bem, que será do ser humano que se esquece de suas origens? Seu ponto de partida é também sua vitalidade.
Resumindo, quero ser uma pessoa melhor. Aprender a transformar meus erros, meus pecados em virtudes, em acertos. Quando cair logo levantar, pois recebi a Força que me é necessária para isso e nada pode me deter.
Santidade já!!!
Quero "estar no ponto"!
Quero ser o que realmente sou: filho de Deus, irmão de Jesus Cristo, templo do Espírito Santo.
"Sou apenas um lápis nas mãos de Deus" e isso me basta!!
Unum core et anima una!
Pax et Bonum!

Nenhum comentário:

Postar um comentário