Rádio

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Leitura Orante: O primado do Reino de Deus

"Não vos preocupeis com o dia de amanhã."

Preparo-me para a Leitura Orante,
rezando com todos os que,
nesta rede da internet,
se reúnem em torno da Palavra:


Oração para antes de ler a Bíblia
+ Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Jesus Mestre, que dissestes:
“Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome, eu aí estarei no meio deles”, ficai conosco, aqui reunidos para melhor meditar e comungar com vossa Palavra.
Sois o Mestre e a Verdade: iluminai-nos, para que melhor compreendamos as Sagradas Escrituras.
Sois o Guia e o Caminho: fazei-nos dóceis ao vosso seguimento. 
Sois a Vida: transformai nosso coração em terra boa, onde a Palavra de Deus produza frutos abundantes de santidade e de apostolado.


1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto Mt 6,24-34:
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
Ninguém pode servir a dois senhores:
pois, ou odiará um e amará o outro,
ou será fiel a um e desprezará o outro.
Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro.
Por isso eu vos digo:
não vos preocupeis com a vossa vida,
com o que havereis de comer ou beber;
nem com o vosso corpo,
com o que havereis de vestir.
Afinal, a vida não vale mais do que o alimento,
e o corpo, mais do que a roupa?
Olhai os pássaros dos céus:
eles não semeiam, não colhem,
nem ajuntam em armazéns.
No entanto, vosso Pai que está nos céus os alimenta.
Vós não valeis mais do que os pássaros?
Quem de vós pode prolongar a duração da própria vida,
só pelo fato de se preocupar com isso?
E por que ficais preocupados com a roupa?
Olhai como crescem os lírios do campo:
eles não trabalham nem fiam.
Porém, eu vos digo:
nem o rei Salomão, em toda a sua glória,
jamais se vestiu como um deles.
Ora, se Deus veste assim a erva do campo,
que hoje existe e amanhã é queimada no forno,
não fará ele muito mais por vós, gente de pouca fé?
Portanto, nóo vos preocupeis, dizendo:
O que vamos comer? O que vamos beber?
Como vamos nos vestir?
Os pagãos é que procuram essas coisas.
Vosso Pai, que está nos céus,
sabe que precisais de tudo isso.
Pelo contrário, buscai em primeiro lugar
o Reino de Deus e a sua justiça,
e todas estas coisas vos serão dadas por acréscimo.
Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã,
pois o dia de amanhã terá suas preocupações!
Para cada dia, bastam seus próprios problemas.'

Palavra da Salvação.


Refletindo
O que esse texto fala ao meu coração? Ler novamente, com calma, e estar aberto à ação do Espírito Santo. Como esse texto pode ser traduzido na minha vida? Elencar frases ou palavras chaves para ir recitando durante o dia.


2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje? Medito em silêncio na presença de Deus.

O PRIMADO DO REINO DE DEUS
O ensinamento de Jesus pode dar margem a mal-entendido, se interpretado na linha da acomodação e da passividade. De fato, Jesus preveniu os discípulos contra a preocupação exagerada quanto à comida, à bebida e ao vestuário. Para ilustrar suas palavras, mandou-os verificar o que se passa com os pássaros do céu e os lírios do campo. A subsistência deles depende unicamente do Pai. Por isso, não têm necessidade de fadigar-se para se nutrirem. Se o Pai preocupa-se com os pássaros, quanto mais haverá de preocupar-se com seus filhos! Daí a ordem do Mestre: "Busquem, antes de qualquer coisa, o Reino de Deus e a sua justiça, e tudo mais será dado a vocês, em abundância".
Na ordem do Mestre está incluída a condenação à passividade. A busca da justiça do Reino exige do discípulo engajar-se, de corpo e alma, na construção de uma sociedade justa e fraterna. Nisto se concentrará a sua preocupação: ajudar o semelhante nas suas aflições, partilhar seus bens com os mais necessitados, ser sensível aos sofrimentos dos pobres e oprimidos, rejeitar a tentação do materialismo e da busca desenfreada de prazer, buscar construir a comunhão e a reconciliação no seio da sociedade, ser um promotor incansável da justiça.
Por conseguinte, quando Jesus pregava a confiança na Providência e o primado do Reino, estava convocando as pessoas a se tornarem colaboradoras de Deus na construção de um mundo melhor.

Pe. Jaldemir Vitório, sj


3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo, com a Oração do Dia:
Fazei, ó Deus, que os acontecimentos deste mundo decorram na paz que desejais e vossa Igreja vos possa servir alegre e tranquila. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amem.


4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Como o Senhor me convida a agir aplicando concretamente em minha vida esta leitura que acabei de meditar? Jesus não pede de nós passividade. Pede sim que nós façamos as coisas como se tudo dependesse de nós e que rezemos como se tudo dependesse de Deus. Eu busco a Deus mais do que a mim mesmo, mais do que aos outros e mais do que todas as coisas? Que atitudes tenho ou posso ter na contribuição de uma sociedade mais justa e fraterna? Sou chamado a ser colaborador na construção do Reino de Deus. O que posso fazer concretamente para viver no dia de hoje o Evangelho que meditei?

E rezo:
Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.
Rainha dos Apóstolos, rogai por nós.
São Paulo Apóstolo, rogai por nós.
De todo pecado, livrai-nos Senhor.

Bênção Final

Maria, minha querida e terna Mãe,
colocai vossa mão sobre minha cabeça.
Guardai minha mente, coração e sentidos
para que eu não cometa o pecado.
Santificai meus pensamentos, sentimentos, palavras e ações,
para que eu possa agradar a vós
e ao vosso Jesus e meu Deus.
E assim, possa partilhar
da vossa felicidade no céu.
Jesus e Maria, dai-me vossa bênção:
+ em nome do Pai, do Filho
e do Espírito Santo. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário