Rádio

sábado, 4 de março de 2017

Leitura Orante: Solidários com os excluídos

"Eu não vim chamar os justos,
mas os pecadores para a conversão."


Preparo-me para a Leitura Orante,
rezando com todos os que,
nesta rede da internet,
se reúnem em torno da Palavra:


Oração para antes de ler a Bíblia
+ Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Jesus Mestre, que dissestes:
“Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome, eu aí estarei no meio deles”, ficai conosco, aqui reunidos para melhor meditar e comungar com vossa Palavra.
Sois o Mestre e a Verdade: iluminai-nos, para que melhor compreendamos as Sagradas Escrituras.
Sois o Guia e o Caminho: fazei-nos dóceis ao vosso seguimento. 
Sois a Vida: transformai nosso coração em terra boa, onde a Palavra de Deus produza frutos abundantes de santidade e de apostolado.


1. Leitura (Verdade)
O que diz o texto do dia?
Leio atentamente o texto Lc 5,27-32:
Naquele tempo:Jesus viu um cobrador de impostos, chamado Levi,sentado na coletoria.Jesus lhe disse: 'Segue-me.'Levi deixou tudo, levantou-se e o seguiu.Depois, Levi preparou em casaum grande banquete para Jesus.Estava aí grande número de cobradores de impostose outras pessoas sentadas à mesa com eles.Os fariseus e seus mestres da Lei murmuravame diziam aos discípulos de Jesus:'Por que vós comeis e bebeiscom os cobradores de impostos e com os pecadores?'Jesus respondeu:'Os que são sadios não precisam de médico,mas sim os que estão doentes.Eu não vim chamar os justos,mas sim os pecadores para a conversão.'Palavra da Salvação.

Refletindo
O que esse texto fala ao meu coração? Ler novamente, com calma, e estar aberto à ação do Espírito Santo. Como esse texto pode ser traduzido na minha vida? Elencar frases ou palavras chaves para ir recitando durante o dia.


2. Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim, hoje? Medito em silêncio na presença de Deus.

SOLIDÁRIO COM OS EXCLUÍDOS
Jesus superou toda espécie de exclusão e marginalização, num evidente contraste com a sociedade religiosa de sua época. No tempo do Messias, certas categorias religiosas faziam questão de manter-se afastadas de determinadas pessoas ou evitavam algumas circunstâncias para não contrair impureza ritual. Tal impureza as impedia de exercer funções cultuais ou, então, deixava-as inabilitadas para acolher a vinda do Messias.
A partir desta mentalidade, Jesus foi questionado por seus adversários por estar participando de uma refeição, na casa do novo discípulo Levi, e por estar rodeado de pessoas consideradas excluídas da salvação: os cobradores de impostos. O Mestre, no entanto, sentia-se à vontade no meio delas e se recusava a pautar seu agir pelos preconceitos da época.
Como se explica o gesto contestador de Jesus? Sua missão consistia em trazer salvação para a humanidade. Para isso, escolheu o caminho da solidariedade e da proximidade com os destinatários da graça concedida pelo Pai. Não assumiu uma postura moralista em relação aos pecadores, nem lhes lançou um olhar de arrogante superioridade. E, sim, aproximou-se deles e, transbordando de misericórdia, conquistou-os para Deus.
Jesus compreendeu, perfeitamente, o sentido de sua presença no meio da humanidade. Ele veio para dirigir um convite à conversão aos carentes de salvação.

Pe. Jaldemir Vitório, sj


3.Oração (Vida)
O que o texto me leva a dizer a Deus?
Rezo, espontaneamente, com salmos ou outras orações e concluo, com a Oração do Dia:
Ó Deus eterno e todo-poderoso, olhai com bondade a nossa fraqueza e estendei, para proteger-nos, a vossa mão poderosa. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.


4.Contemplação (Vida e Missão)
Qual meu novo olhar a partir da Palavra?
Como o Senhor me convida a agir aplicando concretamente em minha vida esta leitura que acabei de meditar? Estou disposto a trilhar o caminho de conversão quaresmal ouvindo e praticando os ensinamentos de Jesus? Tendemos, muitas vezes, a pensar que os pecadores não devem frequentar a igreja. No entanto, Jesus acolhia principalmente aos pecadores e os chamava para se tornarem seus seguidores. Assim sendo, diante dessa realidade da acolhida de Jesus aos pecadores, o que eu posso fazer concretamente para viver no dia de hoje o Evangelho que meditei?

E rezo:

Ó Jesus Mestre, Verdade, Caminho e Vida, tem piedade de nós.
Rainha dos Apóstolos, rogai por nós.
São Paulo Apóstolo, rogai por nós.
De todo pecado, livrai-nos Senhor.

Oração da Campanha da Fraternidade 2017:

Deus, nosso Pai e Senhor,
nós vos louvamos e bendizemos,
por vossa infinita bondade.
Criastes o universo com sabedoria
e o entregastes em nossas frágeis mãos
para que dele cuidemos com carinho e amor.
Ajudai-nos a ser responsáveis e zelosos pela
Casa Comum.
Cresça, em nosso imenso Brasil,
o desejo e o empenho de cuidar mais e mais
da vida das pessoas,
e da beleza e riqueza da criação,
alimentando o sonho do novo céu e da nova terra
que prometestes.
Amém!

Bênção Final:

Maria, minha querida e terna Mãe,
colocai vossa mão sobre minha cabeça.
Guardai minha mente, coração e sentidos
para que eu não cometa o pecado.
Santificai meus pensamentos, sentimentos, palavras e ações,
para que eu possa agradar a vós
e ao vosso Jesus e meu Deus.
E assim, possa partilhar
da vossa felicidade no céu.
Jesus e Maria, dai-me vossa bênção:
+ em nome do Pai, do Filho
e do Espírito Santo. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário