sábado, 26 de março de 2011

3º DOMINGO DA QUARESMA

Domingo, 27 de março de 2011

1ª Leitura: Ex 17,3-7

Salmo: Sl 94(95) 1-2.6-7.8-9. (R/. 8: “Hoje não fecheis o vosso coração, mas ouvi a voz do Senhor!”)

2ª Leitura: Rm 5,1-2.5-8

Evangelho: Jo 4,5-15.19b-26.39ª.40-42


REFLEXÃO


Os textos de hoje a importância vital da água para a manutenção da Vida. Na primeira leitura, o povo cansado da liberdade e com sede reclama do Senhor. Provoca-O e O tenta. O Senhor, na sua misericórdia, se mostra rochedo e deste rochedo brota a água que, matando a sede do povo inconformado, o recoloca na travessia para a liberdade. Paulo nos vai afirmar que a água que mata a nossa sede "é o amor de Deus derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado".


O Evangelho nos mostra Jesus pedindo água para uma mulher samaritana. Ao oferecer o dom da água viva, que a mulher pensa ser uma mina d'água, ela, carinhosamente lembra Jesus que Ele não tem um balde. Jesus, ao não condenar a samaritana e nem julgá-la, abre o coração desta mulher e dialoga com ela sobre a adoração do Senhor, diante da qual nossos tropeços e fragilidades são insignificantes. Finalmente, Jesus declara a disputa superada.


A Adoração do Senhor não tem lugar e muito menos templo. A adoração do Senhor é, em espírito e verdade, no e pelo encontro amoroso do outro, diferente de nós, mas em comunhão fraterna. Devemos nos perguntar qual a sede de nossa vida, aqui e agora. E onde e que água estamos buscando para saciá-la. Quem não reconhece, em espírito e em verdade, a sua sede não busca e corre o risco de se acomodar na mediocridade, bebendo qualquer coisa que possa iludi-lo.


Temos que reconhecer que só o amor nos dá a vida e nos faz viver na verdade, matando, cotidianamente, a nossa sede e nos entusiasmando para as novas sedes que estão por vir. Nada devemos temer, na nossa travessia, porque nos foi prometido: "A quem tiver sede, darei gratuitamente da fonte da água viva" (Ap 21,6-7).

_____________________

Pe. Paulo Botas, mts

Nenhum comentário:

Postar um comentário